Dia 86 — Derrota

1/ A Câmara aprovou PEC que reduz a liberdade do Executivo para controlar despesas, em uma derrota esmagadora para o governo. A proposta, que ainda irá tramitar pelo Senado, torna certos gastos obrigatórios, especialmente as emendas de bancadas estaduais. Com as novas regras, o governo tem controle total de apenas 3% do orçamento de 1,4 trilhão de reais. O governo tinha como proposta exatamente o contrário, e tentava flexibilizar o orçamento por meio da chamada PEC do pacto federativo. A votação, vista como um sinal da insatisfação dos deputados com Bolsonaro, uniu a bancada governista e a oposição em um acachapante placar de 453 votos a 6. O presidente passou a manhã da votação no cinema. (Veja / El País)

Redação