Dia 71 — Marielle

1/ Dois dos assassinos de Marielle Franco foram presos. Os ex-policiais militares Ronnie Lessa e Elcio Queiroz teriam agido como atirador e motorista, respectivamente, no atentado que matou a vereadora carioca em março de 2018. De acordo com a polícia, Lessa demonstrava ódio e desejo de morte por militantes de esquerda, e coincidentemente morava no mesmo condomínio que Bolsonaro. Queiroz também é outro fã do presidente, e aparece abraçado com ele em foto tirada antes das eleições. As investigações ainda não identificaram o possível mandante do crime. (BBC / El País)

Redação