Dia 3 — Caça às Bruxas

1/ Onyx Lorenzoni exonerou mais de 300 cargos em comissão, com o objetivo de “despetizar” o governo. O chefe da Casa Civil recomendou que os demais ministros façam o mesmo. Segundo O Globo, foi feita uma devassa nas mídias sociais para identificar funcionários que postaram frases como “Ele não” ou “Marielle vive”. Apesar de falar em “combater ideias socialistas e comunistas”, o ministro nega que se trate de perseguição ideológica: “Para não sair caçando bruxa, primeiro a gente exonera e depois a gente conversa”. (Estadão / Veja / O Globo)

2/ O governo de Bolsonaro passará a monitorar a atuação de ONGs e organismos internacionais no Brasil. A medida viola o artigo quinto da Constituição, que veda a interferência estatal no funcionamento de associações e cooperativas. A atribuição caberá ao general Santos Cruz, ministro da Secretaria de Governo. No Twitter, o presidente acusou as ONGs de explorar e manipular os moradores de terras indígenas e quilombolas. (Folha / R7)

Redação