Dia 38 — A Nova Política

1/ Dos onze membros da mesa diretora do Senado, oito são condenados ou investigados pela Justiça. O presidente, Davi Alcolumbre (DEM) é suspeito de fraudar notas fiscais. O vice, Antonio Anastasia (PSDB) é investigado por propinas da Odebrecht. O primeiro-secretário, Sérgio Petecão (PSD) teria desviado dinheiro público. O segundo-secretário, Eduardo Gomes (MDB) foi denunciado por licitações fraudulentas. O terceiro-secretário Flávio Bolsonaro (PSL) é investigado por lavagem de dinheiro. A quarta-secretaria está com Luiz Heinze (PP), condenado por improbidade administrativa. Entre os suplentes, Weverton Rocha (PDT) é réu por peculato, e Jaques Wagner (PT) é investigado por superfaturamento de obras públicas. (R7 / Correio)

Redação