Dia 28 — Rigorosa e Rápida

1/ O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que o Ibama vai aplicar uma multa de 250 milhões de reais à Vale. O valor representa menos de 5% do lucro da Vale em um único trimestre. Em comparação, a petroleira BP pagou 20 bilhões de dólares para o governo americano por um vazamento que matou 11 pessoas em 2010. Salles, que foi condenado por ter beneficiado ilegalmente empresas mineradoras em processo de licenciamento ambiental, categorizou a atuação do órgão como “rigorosa e rápida”. (O Globo / Valor / Reuters)

2/ Separadamente, o Ministério Público de Minas Gerais bloqueou judicialmente cerca de 11 bilhões de reais da Vale, metade do que a empresa tem em caixa, com o objetivo de garantir indenizações futuras. A defesa da Vale alegou que “não vê responsabilidade” da empresa pelo rompimento da barragem, e pediu a liberação dos bens. (Correio / R7 / Folha)

Redação