Dia 106 — Liberdade de Expressão

1/ O STF expediu mandatos de busca contra dez alvos do inquérito sobre fake news contra a Corte. O Supremo vem sendo alvo de grupos de direita, que buscam a saída de ministros para que Bolsonaro possa nomear substitutos menos favoráveis a pautas como a criminalização da homofobia. Um dos alvos de busca foi o general da reserva Paulo Chagas, crítico contumaz do STF nas mídias sociais. Anteriormente, o ministro Alexandre de Moraes também havia ordenado que publicações de direita retirassem do ar notícia falsa sobre o presidente do STF, Dias Toffoli. (Veja / Correio)

2/ Para evitar outra greve e favorecer uma categoria que o apoiou nas eleições, o governo lançou crédito de até 30 mil reais para cada caminhoneiro. No total, serão liberados cerca de 500 milhões de reais para a categoria, além de mais 2 bilhões para a manutenção de estradas prioritárias e outras medidas. Na semana passada, o presidente impediu que a Petrobrás reajustasse o preço do diesel, derrubando as ações da estatal em 8%. Os caminhoneiros consideraram o anúncio “uma esmola” e planejam uma nova paralisação em maio. (Veja / Folha)

Redação