Dia 105 — Mínimo

1/ Governo propõe salário mínimo sem aumento real, apenas reajustado pela inflação. Desde 2004 os reajustes do salário mínimo incluíam não apenas a inflação como também o crescimento da economia no período. Em pronunciamento, o ministério da Economia afirmou que a proposta não representa a definição de uma nova política salarial, e que essa definição aconteceria até o fim deste ano. A proposta prevê um valor de R$ 1.040 para 2020, contra os atuais R$ 998. (G1 / Correio)

2/ Em mais um revés para o governo na Câmara, a Comissão de Constituição e Justiça deixou a votação da reforma da Previdência para depois. Por 50 a 5, os deputados decidiram dar prioridade à proposta de emenda constitucional que reduz o poder do Executivo para definir o orçamento, aprovada pelo Senado no dia 10. Como resultado, é improvável que o governo consiga aprovar o relatório da comissão sobre a reforma da previdência antes do feriado, pois há pelo menos 100 deputados inscritos para comentar o assunto. (Correio / Veja)

Redação